Espaço Cósmos Terapia Holistìca

Av. Alberto Bins, 325 sala 22 - centro -POA

F: 31262201/ 999038359

REIKI

REIKI

 

 

           ORAÇÃO REIKIANA

 

   COMO PROCEDER NA APLICAÇÃO EM OUTRAS PESSOAS              

No tratamento, o reikiano é imprescindível para a transferência da energia Reiki. Um reikiano pode ser comparado a um carteiro que, embora seja peça de menor importância na comunicação entre duas pe cxxxxxxxxxxssoas que se correspondem, pode comprometer o contato, caso venha a se recusar a cumprir o papel de entregar as mensagens ao destinatário. A energia usada no Método Reiki é uma só. Vibra constantemente, move-se em ondas com velocidades diferentes, produzindo variados graus de densidade. O reikiano desacelera a energia, mudando sua oscilação ou vibração. Dependendo da combinação dos símbolos do Método Reiki, são produzidos efeitos específicos no mundo físico.

A matéria de toda vida é a mesma, tudo no planeta tem a mesma energia, combinada de múltiplos modos para criar formas e coisas diferenciadas. Uma árvore tem a mesma origem energética de um animal ou ser humano. Daí o porquê de a energia Reiki poder ser utilizada com sucesso em plantas, animais, alimentos etc....

Conforme nos conta a história original do Método Reiki, o Mestre Usui e o Dr. Hayashi atendiam em uma clínica. Não é aconselhável ou conveniente abrir a residência para atendimentos ao público, principalmente se nesta casa houver crianças. Elas são mais sensíveis aos fluídos deletéricos, agressivos, repulsivos, doentios e mórbidos que as pessoas perturbadas disseminam nos ambientes. Estas energias permanecem estagnadas ou coaguladas e flutuando no local, mesmo após o trabalho com a energia Reiki. Devemos evitar a saturação fluídica nociva dos miasmas que podem adoecer os moradores. Essas energias permanecem até serem dissolvidas por uma frequência energética superior, como por exemplo, uma defumação ou uma postura evangélica muito equilibrada, o que é ainda muito difícil para o ser humano atual. Ainda observamos muitos desentendimentos domésticos. Caso São Francisco de Assis, irmã Dulce, Gandhi, Chico Xavier ou Madre Tereza de Calcutá fizessem sessões do Método Reiki em suas residências, não haveria qualquer problema. Para nós, no entanto, ainda há.

Na residência de um reikiano, recomendo a aplicação da energia Reiki em família, muito auto tratamento e, no máximo, aplicações em pessoas muito próximas. Além disso, o estudo do Evangelho no lar, com orações, é um verdadeiro bálsamo confortador para uma residência. As preces e os ensinamentos de Jesus desintegram os miasmas psíquicos, que se alojam no ambiente, produzidos por desentendimentos comuns entre as pessoas.                                    

Objetos parados em seu local de trabalho ou em sua casa agregam energias pesadas que emperrem as soluções para coisas práticas. Você nem imagina o quanto ganhará se der estas coisas que não utiliza para alguém necessitado.                                                                                           

Quando você aplica energia Reiki em alguém, você abre seus chacras e os do receptor. É importante, pois, que o ambiente esteja em harmonia e limpo energeticamente. É recomendável fazer uma limpeza energética no ambiente, antes e depois de uma sessão. Você deverá purificar ou transmutar a energia residual indesejável. Da mesma forma que limpamos nossas casas, também devemos purificar o astral e, para isso, a defumação é o melhor remédio. Desde a Antiguidade, o ser humano tem usado a defumação em seus rituais, visando a purificação astral. No oriente, é praticada por diversas crenças. O ambiente astral está cheio de energias negativas, que os olhos não podem ver e que podem ser eliminadas com a queima de determinadas ervas. Desde o momentos em que as sementes das ervas principiam a germinar até a sua colheita, as plantas extraem da  terra dezenas de micro e macro-nutrientes e absorvem energia solar no mecanismo fotossintético e magnetismo lunar. Esses elementos passam a compor sua contextura energética.  Seja num banho ou quando se produz a queima, libera-se todo esse potencial energético que passa a interagir, simultaneamente em nível físico e espiritual, respeitando a lei da correspondência vibratória. Queimar sálvia, por exemplo, deixa um aroma agradável no ambiente, além de ser excelente para transmutar energias nocivas.

Caso você atenda pessoas muito negativas ou com elas conviva, compre um defumador (turíbulo) ou utilize uma pequena lata usada, que deverá ser perfurada várias vezes com um prego para que a fumaça saia por cima e pelas laterais. Faça uma alça de arame para que você a segure como se fosse um balde. Coloque dentro alguns pedaços de carvão vegetal embebidos em álcool (tome muito cuidado) e acenda o fogo. Espere até que se formem brasa para jogar sobre ela as ervas de sua preferência. Circule com o defumador por toda a casa ou local de aplicação, vindo dos fundos para frente. Abra as janelas para ventilar e trocar a energia. Todos os cantos devem ser defumados. Mantenha a intenção, em oração, de eliminar toda a negatividade. A intenção e a força do pensamento são os fatores que trazem resultados em qualquer ritual. Durante a defumação, você também pode utilizar uma música suave. Recomendo que você sempre tome um banho após uma defumação, pois além do cheiro de fumaça, você poderá ter retido algumas energias inferiores em sua roupa e campo áurico....

No ato de queimar incensos ao contrário do que muitos pensam, não há qualquer magia, ritual ou intenção de neutralizar espíritos atrasados. Essa prática visa a criação de um clima espiritual graças à sensibilidade do olfato. Dessa forma, também, são eliminados odores e exalações desagradáveis do ambiente, substituídos pelo aroma agradável do incenso. Os perfumes são inspiradores. Escolha o que mais lhe agrade, os mais recomendados para trabalhos diversos de energização, como o método Reiki são:

canela, acácia, eucalipto, flor de lótus, sândalo, lavanda e jasmim. O perfume de jasmim faz ressonância com o amor incondicional, deixando no ar uma atmosfera de paz e contemplação espiritual, ideal para as sessões de Reiki.

De todos, o que mais utilizo é a canela, que além de antisséptico, melhora a saúde e proporciona a ativação da energia financeira. Faça uso de sua intuição para saber o que utilizar a cada momento. Entre uma e outra sessão, queime um incenso de limpeza. Os incensos canforados tem a função de limpar o ambiente. São menos eficientes do que uma defumação, mas sempre ajudam a diminuir negatividade, purificando o astral através da cânfora. Tem pessoas que consideram a fumaça da defumação e do incenso altamente irritante, por provocar alergias, tosse, espirro. Neste caso melhor não utilizá-lo. Quem se irrita com o odor de uma defumação é geralmente quem mais necessita desta limpeza. Neste caso, uma alternativa muito eficaz é dissolver, em álcool, três ou quatro pedrinhas de cânfora, dentro de um borrifador, cujo recipiente deverá ser completado com água. Devemos borrifar cômodo por cômodo, em oração, retirando a sujeira astral. As doenças proliferam na sujeira e na espiritualidade não poderia ser diferente. Quando você sentir realmente o ambiente muito negativo, poderá utilizar esta mistura para limpar o piso, as paredes, a mesa de Reiki (maca), as cadeiras e outros móveis. Observe como este ritual lhe fará bem.

Não se esqueça de relaxar e descontrair bastante antes de qualquer atendimento. Procure tornar-se uno com a Energia Universal (Rei).

Use roupas largas e confortáveis de qualquer cor, o importante é que estejam limpas e cômodas. O Mestre Aoki, presidente do Instituto Reido-Reiki de Tóquio, usa roupas na cor preta durante as sessões do Método Reiki a fim de proteger energeticamente os chacras .

Usar sempre um lençol leve de algodão, limpo para cobrir o receptor é importante, agradável e necessário para proteger principalmente os pés, a queda da circulação provocada pelo relaxamento, faz com que alguns receptores sintam frio mesmo com boa temperatura ambiente, além disso, o reikiano irradia calor, quando mudamos as mãos de posição ocorre um choque térmico com o resfriamento. É adequado trocar o lençol entre uma sessão e outra.

É aconselhável que você tenha pelo menos uma vela queimando na sala de atendimento, o fogo transmuta as energias mais densas, queimando a negatividade com suas chamas.

Numa sessão de Reiki, a música suave e meditativa em baixo volume é relaxante e importantíssima, tanto para criar uma atmosfera adequada, quanto para construir um complemento energético à sessão. A música contribui para o sucesso de um tratamento, auxiliando vibracionalmente o trabalho. A música é a alma do Universo, é um incomparável  tônico do espírito. As ondas sonoras estimulam e combinam-se com as vibrações da aura do reikiano e dos mentores assistentes, auxiliando na intuição e insights. A música é a linguagem universal da humanidade.

Para evitar a impaciência, não trabalhe com fome ou sede. Os reikianos, quando estão trabalhando, desidratam-se numa velocidade maior porque se acentua a volatilização de fluidos orgânicos devido a perda de ectoplasma. Trabalhando com o Método Reiki, sentimos muita sede e acabamos ingerindo uma maior quantidade de água, que deve estar sempre disponível para o reikiano e os receptores. Estômago muito cheio exige muita energia para a digestão, o que poderá tornar o reikiano sonolento e com a intuição reduzida. O ideal é alimentar-se pouco, antes da aplicação para não prejudicar a intuição.

O sorriso é o cartão de visitas de pessoas saudáveis. O receptor deve permanecer completamente vestido durante a sessão de recebimento da energia Reiki. Quando o receptor estiver usando roupas pesadas como um blazer, terno ou casaco de couro, por exemplo, pergunte-lhe se é possível tirá-lo. Lembre-se, no entanto, de que a energia penetra sem dificuldades através de qualquer roupa ou matéria inclusive do gesso, a referência visa somente à comodidade do receptor. Assim sugerimos que solicite ao receptor afrouxar roupas, se estiverem muito apertadas, recomenda-se também que tire sapatos, relógios, joias e enfeites, para facilitar a circulação da energia.

O reikiano deve ficar confortável para poder sintonizar-se bem com o receptor. Silenciar os telefones para que não possam ser ouvidos durante a sessão.

Devemos sempre lavar as mãos antes de uma sessão de Reiki, depois de lavar as mãos, caso estejam geladas, evite a retirada de calor do corpo do receptor, friccionando-as para que fiquem aquecidas.

Você é um triplo, formado por corpo, mente e espírito. É a Santíssima Trindade. Daí a necessidade de pronunciar o “mantra” dos símbolos sempre três vezes. Quando um reikiano desenha um símbolo do Reiki, o “mantra” respectivo não precisa ser obrigatoriamente pronunciado em voz alta, pode ser mentalizado.

Todas as coisas do planeta são profundamente afetadas pelos pensamentos das pessoas, que reagem entre si como verdadeiros prolongamentos vivos do emissor. O som vibra no ar e o pensamento vibra no éter. O mundo invisível não é ilusório, é muito mais real que o mundo físico. O mundo astral é demasiadamente sutil e reage às emissões dos pensamentos. Quando pensamos em algo, objetos e seres, nossos pensamentos criam a forma daquilo em que pensamos. Projetamos uma forma pensamento-cópia. Os pensamentos são criativos, são ímãs que atraem os efeitos para o emissor. Nada ocorre sem ter sido antes pensamento. O que nos torna imediatamente felizes é a alegria dos pensamentos.

No momento da aplicação da energia Reiki, o Mestre Usui usava as mãos em concha, com as pontas dos dedos unidas, para fortalecer e não dispersar o fluxo de energia. A posição dos dedos faz diferença. Mantenha os dedos levemente curvados, como se estivesse bebendo água, sem tencioná-los, deixando-os flexíveis e relaxados.

O contato físico de suas mãos com o corpo do receptor não é obrigatório, mas é recomendável por gerar uma sensação de aconchego em quem recebe, também, para descansar os braços de quem aplica.

Ao longo da sessão, adote o ritmo da natureza. O seu segredo é a paciência. Nem todos tem a paciência necessária para aplicar a energia Reiki. A paciência requer muita prática, procure trabalhar com calma.

Os pés, as mãos e os cabelos funcionam como uma ponte por onde escoa nosso fluido ectoplasmático, desde que os braços e as pernas não estejam cruzados. Quando cruzamos as mãos, braços,  pés ou pernas durante uma sessão de Reiki, isolamos ou fechamos o circuito e impedimos que a polarização etéreomagnética das energias circule para atingir e alimentar as regiões do corpo que estão desvitalizadas. É muito importante também distribuir equitativamente a energia vitalizante Reiki em ambos os hemisférios do corpo. Reikiano, nunca cruze braços ou pernas durante uma sessão do Método Reiki e solicite o mesmo ao receptor.

Aprende uma parte com o professor e outra, na prática. Isso é Método Reiki. Lembre-se que a sabedoria da prática só se adquire na “escola da experiência”, coisa que ninguém consegue de graça.

O ideal é aplicar a energia Reki (Chiryo) como o Mestre Usui o fazia: após meditar (Gassho) e orar (Reiji-Ho).

Devemos lembrar que no Reiki tratamos a pessoa e não a doença. Cada indivíduo tem necessidades diferentes e atrai a energia Reiki em áreas distintas. Qualquer que seja a queixa do receptor, uma boa maneira de começar é iniciar a sessão pela cabeça, antes mesmo de tratar a parte enferma. Quando pousamos nossas mãos numa determinada posição, a energia Reiki flui, a principio devagar, depois o fluxo tende a aumentar, até atingir seu pico máximo. Após um período variável, vai diminuindo gradualmente ou cessa de todo, podendo também continuar num ritmo mais lento, sinal de que a área sob suas mãos absorveu a energia suficiente.

As experiências são várias durante a transferência da energia. Nem sempre a sensação é de aquecimento nas mãos. Existem outras sensações comuns ao longo da sessão, como formigamento, calor, pressão, pulsações lentas e rítmicas, choque elétricos, frio, sensação das mãos estar cheias como se estivessem infladas, vibrando, coçando, sensação de alfinetadas, dormência, tremedeira, magnetismo, ondas, fluxo suave ou outras manifestações diferentes, que também podem acontecer. As sensações são percebidas, principalmente, nas cavidades das mãos e pontas dos dedos, onde temos os chacras emissores. A energia e as sensações não fluem sempre de maneira uniforme. É comum uma das mãos sentir mais que outra, a principal explicação para este fato é a de que quando aplicamos energia reiki, pode ocorrer um ligeiro deslocamento no corpo etérico para a esquerda, à altura do baço físico ou chacra do Plexo Solar, alterando a sensibilidade dos dois lados do corpo.

Com a experiência, cada reikiano acaba definindo e desenvolvendo, intuitivamente, sua própria metodologia de sentir e interpretar cada sensação. Tudo o que aprendemos nos livros  acaba se tornando insignificante perante nossas experiências pessoais. Confie em você aprenda a sentir a energia a seu próprio modo, a confiar no seu processo pessoal. Confie em suas mãos.

De acordo com um dos Cinco Princípios do Reiki (gratidão), após o tratamento é aconselhável agradecer a Deus, uma prece, pela oportunidade de ter podido trabalhar como canal de energia divina.

Mesmo que você ache que não absorveu nada, depois de realizar uma aplicação de energia Reiki, lave as mãos. Algumas pessoas que não procedem assim acabam assimilando em seu sistema energético energias nocivas, ficando posteriormente mais difícil livrar-se delas. Uma boa recomendação é a utilização de um anel atlante, para proteção. Se não tiver água, passe suas mãos na chama de uma vela por alguns instantes mentalizando a queima das energias que lhe pertencem, outra alternativa, simples porém menos eficaz é esfregar e assoprar três vezes ou  sacudir as mãos vigorosamente, como se estivesse secando as mãos molhadas, para remover energia estagnada.

Após um dia de trabalho com Reiki ou outra atividade ou quando for repousar, tome sempre um banho, é um momento sagrado para cada um de nós, no qual limpamos corpo e alma. Algumas vezes, para limpar o corpo sutil, é preciso um pouco mais que um simples banho. Quando você não se sentir bem, como dores pelo corpo, sensação de peso ou sufocamento, procure banhar-se com sal grosso. Em uma vasilha com água quente, acrescente três punhados de sal grosso, ao final de um banho normal jogue a misture do pescoço para baixo pedindo limpeza.. Em casos de uma dor localizada muito forte, você pode esfregar um punhado de sal no local fazendo simultaneamente uma prece. O cloro da composição do sal (NaCl) neutraliza os íons de hidrogênio (H+), causadores da dor.

De acordo com os professores do Método Reiki, há circunstâncias em que a aplicação da energia reiki deve ser evitada, por exemplo: quando a pessoa está sob efeito de anestesia, a explicação é de que as substâncias anestésicas são ricas em venenos psíquicos que saturam o corpo etérico. Numa reação defensiva, o corpo etérico se afasta compulsoriamente do corpo físico a fim de não derramar estas toxinas psíquicas na válvula de escape que é o corpo físico, produzindo nas pessoas uma redução na temperatura e na vitalidade orgânica. O processo anestésico é um coma induzido. O corpo físico fica com reduzida cota de Prana para nutrir-se.. Fenômeno semelhante ocorre durante o transe mediúnico, a projeção astral noturna, a hipnose e o estado de catalepsia. Quando aplicamos Reiki em pessoas anestesiadas, trazemos de volta o corpo etérico, tirando a pessoa do processo.

(algumas informações do capítulo 11.2 do livro Reiki apostilas oficiais do Mestre Johnny De’Carli).

 

 

 

            OS NÍVEIS DE CONSCIÊNCIA DOS CHACRAS

                                                        

 

Cada um dos chacras é também ligado a um estado de consciência específico, um nível de percepção que nos permite evoluir e compreender todos os níveis da existência em sua especificidade.

O nível de consciência do chacra Básico: se localiza no movimento e o toque. É a percepção daquilo que sentimos fisicamente que se manifesta por este chacra. Quando ele está em harmonia e funciona corretamente, experimentamos um sentimento de bem- estar físico que nos permite viver melhor. Os exercícios que nos levam a este estágio são a caminhada, o relaxamento, as massagens dadas e recebidas, assim  como a meditação focada no relaxamento do corpo.

O nível de consciência do chacra Umbilical: se localiza nas emoções. É controlando-as que harmonizamos este ponto de energia. “Controlar”  não quer dizer “reprimir” ou “ignorar” suas emoções; é preciso tomar consciência do que sentimos e passar, em seguida, para outra coisa. O problema com as emoções é que elas fazem tudo que está a seu alcance para nos controlar, e uma vez conseguido isso, nos tornamos dependentes do círculo emotivo.  Quando nosso segundo chacra está em harmonia, nós sentimos as emoções, mas não nos deixamos conduzir por elas. Os exercícios de meditação e de relaxamento são excelentes para aprendermos a controlar a avalanche de emoções. Para compreender  e descobrir a raiz de certas emoções, uma técnica como a focalização é bastante apropriada.

O nível de consciência do chacra do Plexo Solar: se localiza na intuição primária, aquela que nos previne do perigo. É uma sensação que temos no oco do estômago ou em nossas entranhas, algo vago, incerto, raramente específico. Quando nosso chacra está em harmonia, sentimos essas intuições mais facilmente, elas nos permitem aproveitar melhor as situações que se nos apresentam. O exercício que harmoniza este chacra é a meditação, que esvazia nosso espírito de qualquer pensamento para que nos tornemos mais receptivos às mensagens de nosso corpo. É no encontro com o silêncio que chegamos a ouvir este nível de consciência.

O nível de consciência do chacra Cardíaco se localiza nos sentimentos do amor universal que damos e que recebemos também. É amando que chegamos a transcender nosso corpo físico, para alcançar  os níveis mais elevados de espiritualidade. É também graças ao amor que os chacras superiores podem ajudar nosso corpo a se manter saudável e seguir evoluindo. O melhor exercício para harmonizar este chacra é o perdão. Perdoar o mal que os outros nos causaram, perdoar a nós mesmos, é a única maneira de nos libertar da prisão dos sentimentos negativos, como o ódio e a inveja, que nos impedem de evoluir.

O nível de consciência do chacra Laríngeo se localiza na palavra, seja ela a que pronunciamos ou a que ouvimos. Este chacra nos permite comunicar, exprimir nossas necessidades, nossas ideias, nossos projetos. É por meio da palavra que nós podemos partilhar projetos e, a seguir, concretizá-los. O ditado popular: “É do choque das ideias que nasce a Luz” exprime bem a importância da palavra. Para exercitar este chacra e harmonizá-lo, a música é bastante apropriada, é preciso, também, aprender a ouvir as pessoas para descobrir o que elas têm para partilhar conosco. O nível e consciência deste chacra se definem sobre o plano das ideias, dos ideais que servem a humanidade, liberando-a da ignorância. É por meio do conhecimento que abrimos este chacra.

O nível de consciência do chacra do terceiro olho se localiza em nossas faculdades extra-sensoriais. É aprendendo a visualizar, a ver com nosso espírito, que nós exercitamos este chacra e que nos harmonizamos. A meditação e os exercícios para aumentar nossas faculdades psíquicas permitem abrir consideravelmente este chacra e tirar proveito dos dons que estão latentes em cada um de nós. O nível de consciência deste chacra se caracteriza, verdadeiramente, pela compreensão do papel que temos a desempenhar em benefício dos outros. Nós não conquistamos estes dons psíquicos gratuitamente, mas para coloca-los a serviço daqueles que têm necessidade.

O nível de consciência do chacra Coronário se localiza na consciência divina. Quando este chacra está totalmente aberto, descobrimos que somos um em Deus, que fazemos parte do Universo de modo definitivo. É o nível da iluminação mística, que transcende todos os conhecimentos do ser humano, todas as realidades- material, física, emotiva, psicológica e mental. O fim último do ser humano é alcançar este nível conscientemente para descobrir plenamente sua própria divindade.

 

OS CHACRAS E A ENERGIA

A energia ou prana está dividida em três categorias: O prana Solar, o Prana Planetário e o Prana das Formas:

O Prana Solar é descrito como uma forma vital magnética que provém do Sol e que passa diretamente pelos envoltórios etéricos, por meio de nossos chacras, que o absorvem e conduzem essa energia ao corpo etérico correspondente. Esse prana solar é absorvido e disseminado através de nosso corpo físico pela intermediação do baço, que o distribui aos órgãos e aos tecidos que dele necessitam. Esta ação vitaliza nosso corpo físico e o mantém saudável. Nós conhecemos todos os efeitos negativos da falta de sol durante o período de inverno.

O Prana Planetário é a energia que emana diretamente da própria Terra. Alguns afirmam que, na realidade, este é o prana solar, que é espalhado no corpo etérico do planeta ,tornando-se então uma energia que circula e irradia sua superfície, veiculando assim suas qualidades físicas para o exterior, formando a aura do planeta. Nós o identificamos também como magnetismo da Terra. Não é preciso ir muito longe para conferir estas afirmações: todos nós sabemos, por experiência própria, que certos lugares têm um efeito benéfico sobre nós. Pensemos, por exemplo, em uma praia ensolarada. Nós temos lá a combinação benéfica de duas formas de energia, que atuam juntas sobre nosso sistema. As florestas são também uma fonte de força vital bastante extraordinária. Não nos esqueçamos de que os pinheiros, em particular, e as coníferas, em geral, têm a reputação de fazer crescer a vitalidade daqueles que estão em suas proximidades.

O Prana das Formas nos vem da alimentação: principalmente as frutas e os legumes frescos, as nozes(frutas secas) e o mel. A maioria das dietas da medicina ayurveda é baseada nos princípios de nutrição.

 

OS CHACRAS E A NUTRIÇÃO

Ao contrário do que alguns poderiam acreditar uma alimentação que ajuda a harmonizar os chacras não é, necessariamente, vegetariana. Nós devemos nos dar conta de que nosso corpo físico existe e que o fato de o desprezarmos e de reprimirmos sua natureza não é bom para alcançar a espiritualidade. De fato, se reprimirmos nossa natureza e nosso corpo físico, o corpo se vingará adoecendo. Desfrutemos de nosso corpo sem faze dele um fim em si, tudo é uma questão de equilíbrio e de harmonia.

Alimentos que correspondem aos diferentes chacras:

O chacra Básico

Podemos afirmar que a carne é o alimento mais físico que poderemos ingerir, Como  levamos mais tempo para digeri-la do que a todos os outros alimentos, ela permanece em nosso sistema digestório por mais tempo. É por essa razão que ela necessita mais de energia no nível inferior do nosso corpo e que, devido a isso, sua ingestão limita ligeiramente o fluxo de energia para os chacras superiores. A carne e as proteínas são excelentes para nos ancorar na realidade material. Por outro lado, uma alimentação muito rica, com grande abundância desses alimentos, torna o corpo pesado e muito focado no plano material, o que dificulta o acesso aos estados de consciência dos outros chacras. A prova disso é que, após uma boa refeição, é praticamente impossível fazer outra coisa que não seja repousar, todas as funções do organismo são deixadas em suspenso para facilitar a digestão. Por outro lado, é recomendado, após sessões de meditação ou de outras técnicas psíquicas, comer proteínas para retornar a um estado físico mais terreno.

Não é absolutamente necessário consumir carne para ter os pés na terra, mas é preciso incluir em nossa alimentação proteínas na forma de ovos, queijos, leguminosas e nozes (frutas secas).

O chacra Umbilical

Como este chacra está associado ao elemento Água, é nos líquidos que encontra sua força e se revitaliza, eles ajudam a limpar o organismo de suas impurezas e permitem aos rins se desvencilhar das toxinas. A água é particularmente essencial ao bom funcionamento de nosso corpo e do segundo chacra. Os sucos e os chás são recomendados para favorecer os processos de limpeza e de desintoxicação do organismo.

O chacra do Plexo Solar

As féculas são alimentos que correspondem ao terceiro chacra. O pão, as massas, o arroz e os grãos se convertem rapidamente em energia calórica dentro de nosso sistema digestório, o que os liga diretamente ao elemento Fogo, correspondente ao chacra do Plexo Solar. É preciso saber que os alimentos à base de grãos inteiros, mesmo que sejam assimilados mais lentamente pelo organismo, são completamente absorvidos que os alimentos feitos com farinha e grãos refinados ou branqueados. Peguemos, por exemplo, o arroz branco e o arroz integral, o segundo tem evidentemente muito mais elementos nutritivos que o primeiro.

É importante uma alerta sobre o açúcar refinado e a seus derivados. Ainda que esses produtos tenham um impacto rápido sobre o organismo, sobre o plano energético, seu uso imoderado e constante enfraquece o terceiro chacra. O efeito negativo pode mesmo se fazer sentir sobre o estado de saúde em geral. Uma dependência de alimentos energéticos é um sintoma de um desequilíbrio do Plexo Solar.

O chacra do Coração

Os alimentos favoráveis a este chacra são os legumes. Os legumes são produto da fotossíntese, derivada da energia prana solar, uma função que nosso organismo não pode produzir por si mesmo. Os legumes contém a energia vital do prana solar assim como uma boa porção do prana planetário, na forma dos elementos Terra, Água e Ar. Consequentemente, podemos afirmar  que eles são verdadeiramente resultado da união entre a Terra e o Cosmos, em estado de equilíbrio perfeito.

No sistema de medicina chinesa, os legumes não são classificados como yin ou yang, porque eles representam o equilíbrio e a neutralidade, as características do quarto chacra. A cor predominante dos legumes é também a do chacra cardíaco, ou seja, o verde.

O chacra Laríngeo

As frutas correspondem ao quinto chacra. Se considerarmos a tradição budista, as frutas representam o melhor da cadeia alimentar porque, uma vez maduras, elas se soltam por si mesmas da planta ou da árvore que as produziu e nós não precisamos mata-las para nos nutrir. As frutas são, na maioria das culturas, um presente dos deuses. Elas contêm geralmente alta taxa de vitamina C, assim como de açúcares naturais, que são, na verdade, entre os alimentos sólidos, os mais fáceis de digerir. Sua ação é benéfica de inúmeras formas, notadamente para limpar o organismo e para estimular a região da garganta.

O chacra do Terceiro Olho e Coronário

Sua natureza é puramente espiritual por este motivo é difícil recomendar alimentos para estes chacras, eles não estão ligados às funções corporais, mas principalmente às funções puramente intelectuais de nosso ser.

(O Livro dos Chacras, da energia e dos corpos sutis)

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                           

Esses centros são apresentados em forma de redemoinhos e são responsáveis ​​pelo campo eletromagnético que circunda o corpo físico e é composto de camadas sucessivas de energia que vibram em frequências cada vez mais elevados.

 

 

 

 

 

 

 

 

Desvendando o significado dos Chakras

Centros de energia em desequilíbrio sinalizam o que é preciso melhorar

                                    

 

1 - Chakra Básico / 2 - Chakra Sacro / 3 - Chakra Plexo Solar / 4 - Chakra Cardíaco / 5 - Chakra Laríngeo / 6 - Chakra Frontal / 7 - Chakra Coronário

A palavra "Chakra" vem do Sânscrito e significa "roda de luz". Os Chakras são centros de energia, que representam os diferentes aspectos da natureza sutil do ser humano. São eles: corpo físico, emocional, mental e energético. Os sete principais Chakras ficam localizados ao longo da coluna vertebral do corpo humano e, segundo a Tradição Hindu, seguem as cores do arco-íris. Confira abaixo o significado de cada um:

 

Chakra Coronário

Cor: lilás e dourado

Pedras mais usadas: Quartzo Branco, Ametista, Diamante, Fluorita

Representa nossa ligação com o Alto, a Energia Superior, o Universo. A sua função principal é evoluir, ascender e se aprimorar como ser humano.

Percebemos o Chakra Coronário em desequilíbrio quando apresentamos falta de inspiração, confusão, tristeza relacionada à falta de esperança, alienação ou hesitação em servir ao bem comum.

 

Chakra Frontal

Cor: azul índigo

Pedras mais usadas: Sodalita, Azurita, Lápis Lazuli, Cianita

Representa a mente e a intuição. A função dupla desse chakra faz com que ele seja um dos mais difíceis de manter o equilíbrio, pois o excesso de uma característica leva à falta da outra.

Quando em desequilíbrio, pode desencadear falta de concentração, medo, cinismo, tensão, pesadelos, e excesso ou falta de sono. Também é recorrente ter um acúmulo de pensamentos.

 

Chakra Laríngeo

Cor: azul claro

Pedras mais usadas: Água Marinha, Quartzo Azul, Turquesa, Larimar

Tem ligação com a maneira que cada um se expressa. A função principal desse chakra é o se expressar. Por isso, a auto expressão e a comunicação são as palavras-chaves dele. Ajuda a relacionar e exteriorizar o que sentimos e o que pensamos.

Percebemos que o Chakra Laríngeo está em desequilíbrio quando apresentamos problemas na comunicação - geralmente a falta dela - o uso insensato do conhecimento e a falta de discernimento. Nesse caso, a pessoa pode falar demais ou dizer bobagens por querer esconder o que sente. Num outro extremo, pode tender a falar pouco e "engolir sapos".

 

Chakra Cardíaco

Cor: verde e rosa

Pedras mais usadas: Quartzo Rosa, Quartzo Verde, Turmalina Melancia, Esmeralda

Simboliza o centro das emoções. Esse chakra é o centro do amor e sabedoria nas relações emocionais. Gera estabilidade e confiança, além de trabalhar as manifestações reprimidas e as feridas emocionais.

Quando o Chakra Cardíaco se mostra em desequilíbrio, pode gerar repressão do amor, instabilidade emocional, sensação de opressão e/ou peso no peito.

 

Chakra Plexo Solar

Cor: amarelo

Pedras mais usadas: Citrino, Amarelo, Cristal com Enxofre, Topázio, Imperia, Calcita, Amarela

É onde "mora" o ego de cada um, representa a força do indivíduo. Sua funções primordiais são o poder e a vontade. Também mostra como está nossa digestão (de situações), nossos humores e controle.

Quando o Plexo Solar está com excesso energético pode gerar egoísmo, egocentrismo, fúria, medo, ódio e dificuldade em assimilar/digerir. E quando está com baixa energia, a pessoa fica apática, sem força de vontade e insatisfeita.

 

Chakra Sacro- Umbilical

Cor: laranja

Pedras mais usadas: Calcita Laranja, pedras cor laranja.

Tem ligação com a criatividade e a vitalidade. As funções principais do Chakra Sacro são sexualidade, vitalidade e criatividade. Ele corresponde à nossa autoestima, à energia sexual e à expressão do "eu" através da sexualidade e/ou criatividade. É no centro energético do bem-estar físico, do prazer e da realização que se percebem as mágoas, sentimentos de culpa e medo (pecado).

Quando este Chakra está em desequilíbrio pode gerar dificuldades sexuais, ausência de objetivos, sentimento de impotência, confusão, ciúme, inveja ou desejo de possuir. Impacta diretamente no desejo e na vontade de viver, alcançar outros patamares, enfrentar desafios e viver o presente.

 

Chakra Básico

Cor: vermelho

Pedras mais usadas:   Jaspe sanguíneo, Granada, Coral

A sua função é a sobrevivência, que inclui a própria segurança e as necessidades físicas básicas, tais como comer, beber e dormir, além do sexo e do abrigo.

Quando está em desequilíbrio, pode gerar insegurança, falta de "gana", atitudes mais violentas, ganância ou fúria. A pessoa ainda apresenta uma demasiada preocupação com a própria sobrevivência, tensão, o "viver para ter".

 (Personare - Simone Kobayashi)

 

CHAKRA DAS MÃOS

Localizado no centro das palmas das mãos, não tem cor específica e é o mais fácil de ser desenvolvido. Apesar de secundário, é um Chakra importantíssimo, como podemos ver em técnicas de energização e equilíbrio como o Reiki - técnica japonesa de canalização de energia, passada através da imposição das mãos. Coordenado pelas emoções e intenções, é um canal direto através do qual podemos passar energia consciente.

Para ativar este Chakra com a energia cósmica, basta esfregar as palmas das mãos uma na outra. No momento em que fazemos isso, sentimos um calor ou um formigamento no local. Podemos fazer este gesto para buscar o bem-estar do outro ou o nosso próprio, assim como para aliviar uma dor ou angústia. Em todos esses casos, mentalize sua intenção enquanto ativa este Chakra.

Lembrete: sempre que mentalizar intenções para outra pessoa, depois de enviar a energia a ela, lave bem as mãos com água e sabão para desconectar sua energia do outro.

CHAKRA DOS PÉS

Está localizado nas solas dos pés e sua finalidade principal é descarregar o excesso energético gerado no nosso dia a dia, como também a absorção da energia de aterramento - que faz a gente se sentir enraizado e seguro. Tem relação com a "mãe terra" e a estabilidade em geral.

O Chakra dos pés tem ligação com o Chakra Básico (localizado na altura dos órgãos genitais) e todo o conceito de sobrevivência, segurança e força. Uma boa dica para equilibrar os Chakras dos pés é ter contato com a natureza, andando descalço na terra, grama ou areia.

CHAKRA DOS JOELHOS

Atua como um transformador, regulando a quantidade de energia telúrica (da Terra) que deve entrar no corpo. Regula nossa forma de lidar com a flexibilidade e com grandes quantidades de energia.

E nada é melhor para lidar com a flexibilidade do que alongar-se. Sendo assim, para equilibrar esse Chakra é essencial praticar alongamento.

CHAKRA DOS TORNOZELOS

Lida com a nossa flexibilidade de ficarmos centrados durante as mudanças na vida e nos ajuda mais especificamente a desenvolver o "jogo de cintura" necessário para "ganhar" a vida.

Para harmonizar esse Chakra, além de fazer alongamento (também indicado para equilibrar os Chakras dos joelhos), é preciso focar também no senso de equilíbrio.

CHAKRAS YIN/YANG

Estão localizados no centro de cada ombro e posicionados para que as energias sejam corretamente direcionadas. São Chakras de energias cooperativas, complementares e correlatas: energia ascendente (Yang) e energia descendente (Yin), acumulação de substância (Yin) e processamento dessas substâncias por meio da atividade corporal (Yang).

Determinadas partes do corpo e órgãos internos correspondem ao Yin, enquanto outras se relacionam ao Yang. A parte superior do corpo, por exemplo, é considerada fundamentalmente Yang, enquanto a parte inferior é Yin. Já as extremidades são Yang e as partes internas são Yin.

Vale reforçar que Yin e Yang são formas diferentes de energia, sem a conotação de "bom" ou "ruim". São simplesmente formas diferentes, interdependentes e complementares (não opositoras), como o dia e a noite. A mudança e o movimento são relacionados a esses Chakras. Para ativá-los, é preciso analisar em quais circunstâncias estamos sendo rígidos e resistentes às mudanças e trabalhar a aceitação. Um exercício físico ou modalidade que exija movimento e fluidez física também ajuda muito.

CHAKRA DO TIMO

Apesar de pouco conhecido, o Chakra do Timo não é considerado secundário, pois é muito importante. Ele é associado à consciência e energia de ascensão e elevação. Localiza-se entre o Chakra Cardíaco (localizado na altura do coração) e o Laríngeo (localizado na altura da garganta). Para encontrá-lo, na linha média do corpo, abra a sua mão e posicione seu polegar no meio da sua garganta e o seu dedo mínimo entre os seios. O Timo fica na altura do seu dedo médio.

Pensamentos e sentimentos negativos enfraquecem e prejudicam a imunidade física e energética deste Chakra. Em compensação, crenças e emoções positivas conseguem estimulá-lo e ativar todas as suas capacidades. Vigiar a qualidade dos pensamentos e sentimentos, mudando-os quando estão negativos, é a maneira de ativar o Chakra do Timo. Isso exige treino e prática diária, mas o resultado é recompensador.

Equilibrar Chakras pode aumentar a libido

Centros de energia do corpo estimulam viver melhor a sexualidade

Os Chakras e a relação com a libido

Os Chakras Básico (localizado na altura dos órgãos genitais) e Sacro ou umbilical (localizado quatro dedos abaixo do umbigo) são associados à energia sexual e libido. Eles têm relação com a sobrevivência, o impulso sexual, e um senso de poder.

O Chakra Básico está relacionado às gônadas (glândulas sexuais) e governa o sistema reprodutor. Ele atua em questões do corpo físico, distribuindo o impulso de vida e os desejos. Também representa a vontade, o poder e o instinto de sobrevivência. É a ligação com a Terra. Quando este Chakra encontra-se em funcionamento saudável e harmônico, observamos que aspectos de sobrevivência, conhecimento, autorrealização, valores relacionados à segurança financeira e material, sexo, longevidade e prazer funcionam de modo adequado na vida da pessoa.

O Chakra Sacro é responsável pela energia da criatividade e do impulso emocional, bem como sensações e desejos sexuais. Quando está equilibrado atua nos sentimentos que fluem livremente e são expressos. O indivíduo, neste caso, está aberto à intimidade e pode ser passional e vívido, além de não ter nenhum problema em lidar com sua sexualidade e libido. No entanto, se a pessoa tende a ser dura, fria ou indiferente, significa que o Chakra Sacro está funcionando de forma lenta ou insuficiente. Neste caso, o indivíduo não está muito aberto às pessoas. Por outro lado, se este Chakra estiver funcionando excessivamente, a pessoa tende a ser muito emocional, além de desequilibrada na esfera sexual.

Esse já é um bom começo para começar a observar como está fluindo o nível de energia por esses centros. No entanto, é importante levar em consideração de que no caso de baixa ou excessiva libido não é somente o aspecto energético que deve ser observado. Nesses casos, a pessoa deve buscar também a causa do desequilíbrio sexual em questões de ordem emocional ou física.

 

Equilibrando os Chakras e sua sexualidade

Quando funciona de modo insuficiente, o Chakra Básico traz insegurança e baixa autoestima. Quando funciona excessivamente, provoca ganância e materialismo. No nível físico, se relaciona aos órgãos sexuais, ossos, intestino e sistema linfático. Em equilíbrio, permite a rápida recuperação em situações de estresse e combate o envelhecimento precoce.

Para equilibrar o Chakra Básico, use roupas vermelhas (essa é a cor desse Chakra) ou mentalize a cor na região da base da espinha. Outra possibilidade para ajudar a ativá-lo é usar perfume ou óleo essencial contendo cedro, andar descalço na terra ou grama e apreciar a natureza e seus sons.

O Chakra Sacro ou umbilical regula o desejo de ultrapassar os obstáculos e simboliza a forma que encaramos nossas responsabilidades cotidianas. Em desequilíbrio, provoca depressão. Quando superativado, foca de forma exagerada na sexualidade. No corpo físico, rege os sistemas de digestão e reprodução e por isso seu desequilíbrio pode refletir problemas nos intestinos e pressão baixa.

Para equilibrar o Chakra Sacro, imagine uma luz laranja (a cor deste Chakra) iluminando a área abaixo do umbigo. Outra possibilidade para ajudar a ativá-lo é usar aromas de sândalo e ylang-ylang, escutar melodias com instrumentos de sopro, contemplar o luar ou mergulhar em águas doces e límpidas.

Além disso, as terapias complementares como Reiki, Cromoterapia, Terapia Floral, Terapias Xamânicas e Radiestesia também podem auxiliar efetivamente no equilíbrio dos nossos Chakras Inferiores, promovendo melhoras consideráveis em aspectos como autoestima, poder pessoal, sexualidade e relacionamentos de modo geral.

Que tal começar a equilibrar seus Chakras e resgatar seu poder pessoal?

 

 

 

O PODER DA ENERGIA SEXUAL

 

 

 

 A EXPLICAÇÃO SOBRE OS CHACRAS:

         

 

   

 

   
 

DESBLOQUEAR E ENERGIZAR OS 7 CHACRAS

 

 

 

 

                                                         

 

Existem tantos caminhos para a iluminação assim como existem pessoas neste mundo. O Reiki é um desses caminhos, e cada pessoas que o pratica fará sua própria trilha. Ninguém é seu dono, este é um presente dado a todos nós como parte da essência de nossa condição humana.

O Reiki é visto, principalmente, como uma prática para a cura do corpo mas é também  um método para a cura da mente e do espírito. Em última análise, o Reiki tem o poder de reunir a trindade Mente-Corpo-Espírito em seu estado mais perfeito de harmonia. Todos nós precisamos começar o processo de retorno a esse estado de harmonia. Com seu poder e simplicidade e seus métodos para a cura de nós mesmos e de outros, o Reiki oferece um modo de começarmos a assumir o que chamo de "a jornada para casa". (Eleanor McKenzie)

 

 O QUE É O MÉTODO REIKI?

O Método Reiki é um sistema natural de harmonização e reposição energética que mantém ou recupera a saúde. É um método de redução de estresse. Reiki é um sistema próprio para despertar o poder que habita dentro de nós, captando, modificando e potencializando energia. Funciona como instrumento de transformação de energias nocivas em benéficas.

É um sistema revolucionário para adaptar o ser humano às exigências da Era de Aquarius.

Reiki é uma palavra japonesa que identifica o Sistema Usui de Terapia Natural(Usui Reiki Ryoho), nome dado em homenagem ao seu descobridor, Mikao Usui.

REI significa universal e refere-se ao aspecto espiritual, à Essência Energética Cósmica que permeia todas as coisas e circunda tudo quanto existe. KI é a energia vital individual que flui em todos os organismos vivos e os mantém.

Quando a energia Ki sai de um corpo, ele deixa de ter vida. A energia Reiki é um processo de encontro dessas duas energias, a Energia Universal e a nossa energia física. Ocorre depois da sintonização ou iniciação, feita por um Mestre habilitado. A energia Reiki é uma das maiores forças deste planeta para a evolução das pessoas, um caminho de harmonização interior com o Universo. É uma energia confortadora vinda de Deus, do Criador. Vem do macrocosmo para o microcosmo. Todos nós temos acesso à energia Reiki. Utilizá-la é nosso direito inato. Reiki é um presente poderoso, uma oportunidade para o iniciado crescer e transformar-se. É uma energia de paz e libertação com a qual o Criador abençoa o planeta.Ajuda a deter a violência e tendência autodestrutivas. É um poderoso antídoto contra o cigarro, o alcoolismo e as drogas que degeneram a humanidade. (Johnny De'Carli)

OS NÍVEIS DE REIKI:

Para aplicar Reiki precisamos fazer um curso que são compostos de quatro níveis:

Reiki I onde é ativado o símbolo que atua no físico....

Reiki II onde são ativados os símbolos que atuam no emocional e mental....

Reiki III-A onde é ativado o símbolo que atua no espiritual....(você se torna seu mestre)

Reiki III-B  O Mestrado, você é o Mestre habilitado a passar este conhecimento a outras pessoas.....

Procure uma pessoa para ser seu Mestre que você confia, que tenha conhecimento, vá atrás de informações sobre a pessoa que você quer que seja seu Mestre. Não faça curso de Reiki com quem você não tem nenhuma informação e nem sabe o seu conhecimento para lhe ensinar. Faça um nível de cada vez, jamais faça os níveis de uma vez só, pois devemos aprender cada nível separado, praticar para depois irmos adiante. Não escolha um Mestre que vá lhe ensinar "por cima" para que ele possa sempre ficar acima de você.

Nós Mestres de Reiki temos a obrigação de passar para nossos alunos tudo o que aprendemos e com Amor. É o correto.

ALOHA!!!!!!innocent